Posts do momento

A reforma «gorda» de Salazar

39 39
Sempre desconfiei do "descomunal" saldo de 72 contos, (€360), que Salazar deixou aos seus herdeiros quando se finou. Afinal, era fruto desta ''opípara e escandalosa'' reforma de 2.726 escudos. (por HERMÍNIUS LUSITANO)

Soares sobre Salazar:



Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
39 Comentários Blogger
Comentários Facebook

39 comentários blogger

  1. Digam o que disserem foi o homem mais honesto que conheci

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Mandava por meias solas nas botas, e mais, nem sequer para ele foi, e nem para a família, nem mandou arranjar a sua casa, possivelmente nem dinheiro tinha!

      Eliminar
  2. esta juventude fala porque não o conheceu eu acho que se vivia melhor nesse tempo do que agora pelo menos não faltava trabalho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Trabalho, ordem e respeito.
      Lá em casa, o ultimo a entrar em casa é que punha a chave da parte de dentro.
      Durante TODO O SANTO DIA, ficava da parte de fora.
      Não havia nada que roubar...dizem os críticos de Salazar...

      Eliminar
    2. Nasci em 82 , sou de uma freguesia do Minho , se facto não conhecia nem vivi no tempo de Salazar Mas recordo-me do meu tempo de miudo que podiamos ter a porta da casa todo dia aberta , as vezes ate durante a noite sem o medo de haver um assalto , lembro-me de ir a missa e a porta ficar aberta , literalmente aberta , hoje me dia nem pensar nisso, e quase como convidar para entrar , Hoje em dia ha muita liberdade e muita falta de respeito , outra coisa que venho a reparar é que ja nao gha homens com antigamente.,

      Eliminar
  3. só para relembrar que o Salazar só caiu da cadeira em 1968. Portanto só em 1968 deixou de ser presidente do conselho de ministros. A ser verdadeiro o documento , deve ser a reforma de meia duzia de anos de professor universitário, que naturalmente acumulava com o salário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tamanha ignorância. Estás a querer comparar o Salazar com o Mário Soares? Estes de agora é que recebem 3 e 4 reformas.

      Eliminar
  4. Em relação ao "pelo menos não faltava trabalho" mencionado num comentário anterior, não faltava trabalho porque faltava tecnologia. A única coisa que provoca desemprego é o avanço tecnológico e quanto mais tecnologia houver, mais desemprego vai haver. Por isso, quem acha que é suposto haver emprego, está a remar contra a maré, porque o desemprego só vai aumentar porque a tecnologia não pára. O polícia sinaleiro foi substituído pelos semáforos, o atendimento por telefone foi substituído por gravadores automáticos, e fotografias viam-se em papel fotográfico e agora vêm-se no computador e no telemóvel e a empresa que mais vende livros no mundo, vende mais livros em formato digital do que em papel, etc, etc. As pessoas têm que se adaptar à nova realidade e quem não se quer adaptar, queixa-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim. Temos que nos situar no tempo e no modo.

      Eliminar
    2. agora as relações sexuais são virtuais e só passam a praticam quando vão os canalizadores e electricistas lá a casa das tias e das mulheres dos políticos
      .

      Eliminar
    3. ..eu sou eletricista!...mas também faço serviços de canalização, malta!...

      Eliminar
    4. Pergunta: e quanto custa um sinal luminoso de transito mensalmente (em termos de manutenção e isto já para não falar da sua implementação????)

      Eliminar
  5. Eu não sou uma entendida em história ou política para defender ou atacar alguém.
    Porém, Dr Oliveira Salazar foi um senhor que subiu ao governo primeiramente como Ministro das finanças, colocando as finanças do nosso país em ordem.
    Era um nacionalista de primeira, mas não deixa de ser um ditador à séria.
    Esta reforma "gorda" que ele recebeu é equivalente ao tempo que ele trabalhou.
    Temos que admitir que há políticos da actualidade que recebem reformas ainda mais "gordas" daqui e dali e se for preciso não trabalharam metade dos anos que Salazar trabalhou.
    Não me cabe a mim defender ou atacar políticos de antigamente.
    Em vez de olharmos para as reformas de pessoas que já morreram, olhem para as reformas de pessoas que vivem actualmente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado DEBORAH por ter vindo perfumar este blogue.

      A palavra "GORDA" escrita assim entre comas, é mais para dar a ideia o quanto era de pobre e magricela, essa bendita reforma. O Homem merecia muito mais!!!
      Jokas.

      Eliminar
    2. Outra coisa ainda DEBORAH,
      Se tiver tempo para vasculhar nneste blogue, vai ver que batemos sem dó nem piedade nos corruptos e mafiosos governantes que nos desgovernaram nestes ultimos 35 anos.

      Eliminar
  6. Se Salazar cà volta-se morria de caminho com tanta injustiça,e corrupção que esiste no nosso paìs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá "Chefe". No tempo do Salazar um gajo com a 2ª classe (2º ano de escolaridade),escreveria assim "voltasse" Quanto ao resto estou de acordo consigo. Um abraço.

      Eliminar
  7. Afinal, o "botas" era um democrata! E ai daqueles que questionavam a sua doutrina 'democrática'! Iam parar às mãos 'suaves' dos seus verdugos. Caxias, Peniche, Tarrafal, a António Maria Cardoso, entre outras, eram o destino dos subversivos, vermelhos malditos! Estes últimos até comiam criancinhas ao pequeno almoço, imagine-se!...
    Pura falácia salazarenta, é o mínimo que posso chamar a este artigo. Só para utilizar uma expressão mais macia.
    Não esqueçamos, os das gerações mais velhas, e que se identificam com o conceito de Democracia, que estes que nos (des)governam desde a Alvorada de Abril, e que deixaram o Estado chegar ao estado actual, são uma reminiscência do passado, ainda não muito distante. A raiz matricial é ruim. Salvo raras e honrosas excepções. Tenham vergonha de invocar más memórias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alvorada de Abril? Onde? Como?

      Eliminar
    2. A dita Alvorada de Abril, não mais foi que um golpe militar com muitas "segundas" intenções de quem nos bastidores a orquestrou! Mas este, é tema que a maioria das pessoas desconhece e tão pouco sabe falar/discutir sobre ele....

      Eliminar
  8. José Alexandre Tavares Lourenço da Silva19 outubro, 2013 17:37

    Era um Homem extremamente inteligente, honesto e que procurava ser justo . Vivia com frugalidade e simplicidade ! Criou inimigos entre aqueles que ele tinha de manter dentro das baias por bem os conhecer !

    ResponderEliminar
  9. Basta ver que os oportunistas que fizeram o 25 de Abril auto promoveram-se logo Generais.Assim começou o descalabro deste País(des)governado por gente incompetente e sem excrupulos.Salazar sabia que o dia que o País"mudasse de mãos"ia acabar na miséria.
    Excelente o recente comentário do Dr Mário Soares(um dos coveiros da Nação)em que entende que os governantes deviam ser julgados.Concordo...desde que começem por ele.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. só acho estranho é toda a gente andar andar a dizer que estamos mal ,que o governo havia de cair , mas? a porra é esta , aonde vão parar os votos , aí está a mentalidade dos portugueses a bater sempre no mesmo, mal empregado o meu tempo perdido no 25 de abril

      Eliminar
    2. Mal empregado mesmo... Os votos para onde vão? Para o maior partido dos ultimos anos, a abstenção! Será porque não queremos saber? Pelo contrário... Neste caso infezmente não existe um mal menor... Não existe mesmo é alternativa...!

      Eliminar
  10. perguntem aos vossos pais e avôs quanto é que se ganhava em 1965 e vejam a diferença dos salários para o valor da reforma naquela altura claro..

    ResponderEliminar
  11. SIM SENHORA.............QUE GRANDE HOMEM FOI SR. ANTÓNIO DE SANTA COMBA.
    MAS PARA QUE PRECISA UM DITADOR DE ORDENADO, TEM O QUE QUER SEM DAR SATISFAÇÕES A NINGUEM, NÃO DESENVOLVE O PAÍS, POIS NESTE CASO PRECISAVA DO DINHEIRO PARA SUSTENTAR AS VARIAS GUERRAS NOS ULTRAMAR, PREJUDICAVA A JUVENTUDE A MANDA LOS PARA A GUERRA.
    SÓ QUERIA VER ALGUMAS PESSOAS FALAREM NAQUELE TEMPO COMO FALAM AGORA.
    TENHAM UM POUCO DE VERGONHA, PENSEM UM POUCO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana Isabel Carvalho22 outubro, 2013 22:33

      Tenha tento na língua, quando falar do maior estadista de todos os tempos. Churchill ministro de Inglaterra na altura disse "Que grande Homem para um País tão Pequeno", sabe porquê? Eu que não sou anónima sou Cidadã Portuguesa tenho nome e defendo a minha Pátria e Nação, o Dr. António Oliveira Salazar não vendia defendia a PÁTRIA. Lembra-se da 2ª Guerra Mundial connosco o Hitler não levou a sua avante .Depois do 25 de Abril veio a pouca vergonha. Corrupção, esse Sr. Mário Soares o MAIOR TRAFULHA VIGARISTA foi ele que nos vendeu PISOU CUSPIU A NOSSA BANDEIRA tornou-se Presidente da República!!!! Ó Pátria minha...... isto é ridículo. VIVA PORTUGAL VIVA A NAÇÃO VIVA DR.ANTÓNIO OLIVEIRA SALAZAR.
      Muito mais a via para dizer...............

      Eliminar
    2. triste conhecimento da nao gloriosa parte de Portugal, aparte um certo numero de volontàrios, que se deve salientar,,, na segunda grande guerra.... tudo o que portugal produzia ou quase, era reservado às tropas de Hitler!!!!! grande economista,,,, de acordo, nos primeiros anos a partir de 1927, a divida era tao grande que Portugal nao pertencia aos portugueses mas sim aos ingleses!!!!! So que depois , os anos passando, As famosas jeeps da pide às 4h30 da manha que passavam apanhar o chefe de familia ou um filho so porque?? ou o padre,so porque eles nao iam à missa ou mesmo um antigo colega de escola, para se vingar de historias de namoriscos,,,, um telefonema à pide disendo que eles eram comunistas era o suficiente para dez ou vinte anos de calabouço, e muita sorte senao fosse numa dessas prisoes que estavam ao nivel do mar.... Breve, nao me falem de Salazar ou Franco entre outros. E no entanto fiz-lhe , em outubro de 1965 a guarda de honra em Lisboa , para mal dos meus pecados, como se diz em bom portugues, nao è? a quando do meu serviço militar como Policia da força Aérea e estava a menos de vinte metros dele e do homen que me abriu os olhos em relaçao à igreja,,, Esse no discurso que fez disse,,, sr presidente se o sr quiser ver o povo a andar direito, deia-lhes fome que assim os terà nas suas maos.... assim falou o chefe da igreja de portugal um tal cardial Cerejeira..... Breve, um grande abraço do sul de França onde me sinto muito bem,,,,,, mesmo se!!!!!!!

      Eliminar
  12. Já percebi que aqui só há fachos! Vocês podem estar todos aqui a faladrar porque a democracia que vocês tanto odeiam vos permite fazê-lo. Nesses tempos que vocês acham "gloriosos" iam todos parar à pildra, por atentado à "Nação". Muitos dos que aqui escrevem, não têm a mínima noção do que eram esses tempos. Éramos "pobres e honrados", o que é igual a miseráveis! Tínhamos ouro porque o espoliámos ás antigas colónias. Não tínhamos dívida, porque não tínhamos desenvolvimento. Sabem quantas horas levava de carro de Lisboa ao Porto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não mando para a ETAR este seu arroto, só para lhe dizer que aqui não há só fachos.
      Há gente de todas as cores politicas que respeitamos.

      Aqui fala-se. Faladrar é mais lá pela sua casa. Não traga para aqui esses seus maus hábitos...e latidos.

      Eliminar
    2. realmete tem razao, estamos todos de parabens por sermos democratas e sermos comidos todos os dias pelos nossos politicos...portanto sorriam todos...e continuem felizes que daqui a pouco nem dinheiro têm para comer!!!

      Eliminar
    3. Pelo conteúdo do seu comentário deduzo que seja mais um jovem intoxicado pela desinformação de alguns politicos da nossa praça. O problema é que eramos"pobres mas honrados" e agora somos "miseráveis mas sem honra"

      Eliminar
  13. De acordo com este estudo Portugal desenvolveu-se mais entre 1950 e 1975 do que entre 1975 e 1999, como se pode ver na Tabela 3 que se encontra na página 3:

    http://estructuraehistoria.unizar.es/personal/dgallego/documents/7eCrafts.pdf

    Repare-se que em 1950 Portugal tinha um IDH inferior à Jamaica(!) e um enorme fosso em relação aos demais países da Europa mas em 1975 essa distância fora consideravelmente reduzida. E mais revelador ainda, e ao contrário daquilo que se toma hoje como uma dogma, a III República nascida do 25 de Abril não foi responsável por qualquer avanço prodigioso que tivesse compensado o suposto atraso que o Estado Novo é acusado de ter deixado como herança ao país.

    Cai assim o mito de que o Estado Novo atrasou o desenvolvimento de Portugal. Os dados mostram claramente que durante a última metade da ditadura Portugal desenvolveu-se a um ritmo igual ou superior aos demais países listados, a maior parte dos quais democracias.

    (Nota: não sou saudosista do Estado Novo nem apologista de ditaduras apenas prezo a verdade e a objectividade e abomino a campanha propagandística levada a cabo pela extrema-esquerda contra esse período da nossa História.)

    ResponderEliminar
  14. É com muita pena que, depois do fracasso que foi o 26 de Abril, sim 26 porque o 25 até foi bonito, tenho de considerar que, António de Oliveira Salazar foi o maior e mais honesto estadista da nossa Républica.
    Como seria bom se conseguissemos outro com o mesmo gabarito.A maior das diferenças que eu noto entre o chamado Estado Novo e Novo Estado Podre é que, no primeiro, para comer era preciso trabalhar, agora são muitos os que não querem trabalhar mas querem comer por conta dos que trabalham.

    ResponderEliminar
  15. O problema não é a democracia, é o mau uso que lhe damos. Tenham cuidado com o que desejam

    ResponderEliminar
  16. Realmente é triste ler comentários de certas pessoas que ainda não cairam na real! Falam de uma Revolução em Abril...sinceramente não me lembro que tenha acontecido semelhante coisa neste local paradisiaco.Pelo que sei,em todas as revoluções,seja em que parte do planeta elas se deram,correu sangue.Aqui plantaram cravos nos canos das G3. (Hilariante) Sou um Ex Combatente.Andei na guerra.Dei no duro no Leste d'Angola.Sinto orgulho por ter pertencido a uma classe de "Homens" que arriscaram a vida pelo Império Portugues. (Honrem a memória dos que não estão entre nós porque deram a vida por uma causa nobre.Nao eram "mercenários"...hoje mandam militares (soldados) para fora do País com salários superiores aos Oficiais desse tempo) Vivemos uma ditadura "disfarçada".Os (des)governantes fazem o que lhes dá na real gana e ninguem se insurge. Realmente o Zé Povinho tem o que merece.Vai às urnas votar. (Na era Salazarista um patrão não podia despedir um trabalhador sem justa causa... e tinha que o provar!) Um membro do governo que saisse do que estava estabelecido pela constituiçao e justiça,era punido com prisão ou...fugia do País! Na altura em que existiram na Europa ditadores (Caso de Franco que provocou o que todos nós sabemos na Provincia de Andaluzia),Salazar disse ao povo;livro-vos da guerra...da fome nao! Se Salazar foi ditador que nome se deve dar aos "garotos" que se apoderaram deste País? Minha nossa! Tem gente que consegue tirar-me do sério...

    ResponderEliminar