Posts do momento

Setúbal: Autarca do PCP com vasto património imobiliário

10 10



A Presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira tem 57 anos e um vasto património imobiliário. Segundo a última declaração de rendimentos, que apresentou no tribunal constitucional (TC) a 16 de outubro de 2013, é proprietária de 14 imóveis. Tem quatro apartamentos, cinco escritórios, cinco garagens, e ainda tem uma empresa especializada em marcas, patentes e alvarás, a Tecnimarca.


No que diz respeito aos apartamentos, a autarca comunista declarou dois T3 em Almada, um T1 e um T4 na urbanização Soltroia, em Troia.

Já os escritórios, dois localizam-se em Setúbal e três em Lisboa, todos eles com áreas entre os 200 e os 400 m2. Depois possui ainda três garagens em Almada e duas em Lisboa.

Apesar do património, Maria das Dores Meira não declara valores de rendas. Também não apresenta outros rendimentos além do seu salário de autarca, apesar de ter uma empresa.

Na declaração de rendimentos, entregues ao TC, declara rendimentos dependentes no valor total de 51.142 euros. O CM questionou a autarca para saber se arrenda ou não alguns dos seus imóveis e se tem rendimentos da empresa, mas o assessor de imprensa limitou-se a referir que "a presidente  confirma os valores constantes na declaração entregue no TC, pelo que nada mais tem a declarar sobre a questão".

A lei determina que todos os titulares de cargos políticos ou equiparados têm de apresentar as suas declarações ao TC e que nos formulários deve constar a indicação de todos os rendimentos brutos da última declaração do IRS e a descrição do seu activo patrimonial em Portugal ou no estrangeiro: imóveis, quotas, ações, ou partes de sociedades, aviões, ou automóveis, carteira de títulos, contas a prazo, aplicações financeiras e créditos superiores a 50 salários mínimos.

**Pormenores**

Dissolveu empresas
Em 2009, a autarca declarou três empresas, mas entretanto a Ciativus (Marketing e publicidade) e a
MPI (consultoria) foram dissolvidas.

Rendimentos de 2009
Maria das Dores Meira declarou, em 2009, 37 mil euros em ações do banco Totta, conta a prazono mesmo banco de 5 mil euros e outra de 50 mil euros no BPN, da Brisa e da PT tinha um total de 15 mil euros.

Especialização
A autarca é natural de Lisboa. Nasceu a 13 de Setembro de 1956. Foi agente da Propriedade Industrial e tem formação de advocacia na mesma área.

Dividas astronómicas da autarquia
As dívidas da Câmara Municipal de Setúbal à empresa de resíduos sólidos e urbanos, a EGEO, superavam em Julho de 2013 os cinco milhões de euros. A denúncia foi feita pelos vereadores da oposição e, na altura, pelo candidato do PSD à Câmara de Setúbal, Luís Rodrigues, que falou, dívidas astronómicas" e acusou Maria das Dores Meira de má gestão.

Vereadora quatro anos
Foi vereadora da Câmara de Setúbal entre Janeiro de 2002 e Setembro de 2006 com os pelouros da cultura, educação,desporto, juventude e inclusão social.

Entra em substituição
Maria das Dores Meira  assumiu as funções de presidente da Câmara municipal em Setembro de 2006 na sequência da demissão do então autarca Carlos de Sousa.

Condenada a multa
O Tribunal de Contas condenou a autarca em 2012, a uma multa de 2500 euros por causa de um ajuste directo para a instalação de estendais e de algerozes num bairro.

Fonte: Investigação /ricos autarcas, da jornalista Sónia Trigueirão

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
10 Comentários Blogger
Comentários Facebook

10 comentários blogger

  1. ...Uma comunista, " Dá cá o Meu"....

    São todos iguais na politica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu como Setúbalense independentemento do que a sra tem ,pois se o tem é dela ,vejo que é uma das que tem feito alguma coisa na cidade ,não é do meu partido e axo que nunca a vi a não ser em papéis de propaganda eleitoral ,mas que tem modificado e continua a modificar a cidade ,se bem ou mal quando o inverno chegar logo se verá ,os meus pais moram por cima do centro comercial do Bonfim e aquilo por ali está um caos ,mas são obras necessárias ,e dou os parabéns á sra porque ganhou uma
      camara falida ,e continua mas tem mostrado obra ...............não sou nem simpatizante só reconheço o trabalho da presidente da camara municipal de Setúbal D Maria das Dores Meira

      Eliminar
  2. Sou funcionário da Camara municipal de Setúbal vai fazer 10 anos brevemente

    Sou cidadão de Setúbal nascido e criado

    É a melhor cidade do país

    Não sou comunista nem socialista nem de nenhum partido politico pois não acredito na politica.
    Como funcionário na minha modesta opinião as nossas condições de trabalho têm melhorado...
    não são perfeitas mas melhoraram

    A Sra Presidente é uma pessoa sempre disponível para com os funcionários

    Só queria chamar a atenção do seguinte

    tenho um vencimento de 485 euros a 10 anos
    sou dos que trabalham declarei de rendimentos anuais da câmara 7600 euros

    tenho que trabalhar durante 7 ANOS só para chegar próximo dos rendimentos anuais da Sra Presidente

    SERÁ CORRECTO A DIFERENÇA DE VENCIMENTOS?

    lembro eu sou funcionário da Câmara de Setúbal e funcionário do estado

    A Sra presidente e os vereadores não são funcionários públicos.



    ResponderEliminar
  3. O problema amigo esta no sistema que estes politicos ao longo destes anos se propuseram a implementar depois da nestas despropucoes de desilgualdades no qual que a europa quer o governo nao pretendem mudar

    ResponderEliminar
  4. https://www.facebook.com/pages/Maria-das-Dores-Meira/503713643033136
    Maria das Dores Meira
    16/8
    Quando a má fé se alia à ignorância.
    O Correio da Manhã decidiu hoje, pela segunda vez nos últimos anos, dedicar especial atenção à minha declaração de rendimentos entregue no Tribunal Constitucional, na minha qualidade de titular de cargo político. Entre insinuações inadmissíveis, o jornal revela que sou proprietária de 14 imóveis, o que é verdade, mas "esquece" que todos eles foram adquiridos antes de ter sido eleita, em 2001, para os cargos autárquicos que desempenho desde essa data. Claro que este detalhe pouco importa ao jornal, aparentemente mais interessado numa caça à autarca Maria das Dores Meira, perseguição que eu gostaria de acreditar que não existe, embora todos os dados disponíveis contrariem esta minha vontade... Na verdade, este detalhe é fundamental pois contraria a ideia latente no texto de que teria enriquecido depois de me tornar autarca. E é também um detalhe que demonstra que, ao contrário de outros, tive e tenho uma vida profissional que vai muito para lá da política, vida que continuarei a ter depois de ser autarca, porque sempre dependi da minha atividade profissional para ser o que sou. Mas isso, o Correio da Manha não quis investigar...
    Sobre as dívidas da Câmara Municipal de Setúbal que são associadas à notícia sobre a minha declaração de rendimentos, essa será uma questão que será tratada no local próprio, em especial para mostrar que a pouca seriedade profissional deste jornal o impediu de solicitar à Câmara Municipal, seguramente porque isso poderia não encaixar na história que quis construir, o devido esclarecimento que, obviamente, contrariaria a informação publicada.
    Aproveito para agradecer a todos, e foram muitos, os que hoje, escandalizados com a notícia do Correio da Manhã, fizeram questão de me fazer chegar a sua solidariedade e apoio. A todos, muito obrigada.

    ResponderEliminar
  5. Qual é o problema de ser dona de 14 imóveis e não declarar rendas? Alguém foi confirmar se estão efectivamente arrendados?
    Qual é o problema de ser sócia de uma empresa e não declarar rendimentos daí? Alguém foi confirmar se realmente recebe alguma remuneração ou distribuição de lucros?
    Haja jornalismo de qualidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é preciso confirmar. Ela mesma é que confirma não estarem arrendados os 14 (13 porque a senhora tem de viver num) porquanto NÃO DECLARA RENDAS !!! Na parte das receitas da declaração que entregou ao TC, ela não pôs lá nada, logo, não os tem arrendados. Simples de entender.

      Eliminar
  6. Kekekeje, sem comentário, obviamente !!

    ResponderEliminar
  7. Injustiça ... a Senhora "presidenta" é apenas uma autarca sensível. Que se lixem as dividas á EGEO e a outras empresas fundamentais para o dia a dia da cidade. Vivam as marchas populares e os desfiles de Carnaval, tão do seu agrado .. Viva o direito dos tarados da cidade "tocarem ao bicho" enquanto assistem a estas magníficos exemplos de promoção cultural da cidade com o apoio da "Cambra". "Vivó o Xarroque" e "Viva Eu"

    ResponderEliminar
  8. O sr deputado do PSD por Setúbal, sr Luis Rodrigues, bem podia enfiar a viola no saco. Conseguiu parar as obras da via alternativa Almada/Seixal, em Corroios, criando o caos no trânsito nesta localidade nas horas de ponta. Não se vislumbra a continuidade da obra para mal dos nossos pecados. Não fizemos nal a ninguém mas temos que continuar a levar com este "depurado" do PSD por Setúbal. Assim vai este país...com amigos destes na freguesia de Corroios, concelho do Seixal e distrito de Setúbal, não é preciso ter inimigos. Viva o "depurado" do PSD sr Luis Rodrigues !!!!!!

    ResponderEliminar