Posts do momento

BES é o maior mecenas da fundação Mário Soares

0 0


Mário Soares: "Ricardo Salgado, de quem sou amigo, está calado e muito bem"

O antigo Presidente da Republica, Mário Soares, defendeu, numa curta entrevista ao jornal "i", a posição de silêncio absoluto adoptada pelo «amigo» Ricardo Salgado em todo o caso BES.

***
Desde 2011 que o Banco Espírito Santo é o maior mecenas da fundação Mário Soares.
Grupo BES atribuiu à Fundação Mário Soares 570 mil euros, desde 2011, no âmbito da Lei do Mecenato. O Grupo BES, do qual Ricardo Salgado foi líder executivo até Julho passado, atribuiu à Fundação Mário Soares, desde 2011 e no âmbito do mecenato, um apoio financeiro total de 570 mil euros. O último financiamento do grupo à fundação do ex-Presidente da República foi concedido pelo BES em Marco de 2013, um ano antes de rebentar a crise no Grupo Espírito Santo (GES), no valor de 300 mil euros. Desde 2011, o BES é o principal financiador da fundação.

O apoio financeiro do Grupo BES à Fundação Mário Soares foi concedido, segundo o relatório e contas de 2013 da fundação, através de dois contratos de mecenato: em Março de 2013, o BES celebrou um contrato de 300 mil euros, a vigorar até 2015; em Abril de 2011, a BESPAR, sociedade que detinha 35% do BES, fez um contrato, que vigorou até 2013, de 270 mil euros.

Em ambos os casos, o apoio financeiro foi pago em prestações anuais. No contrato celebrado pelo BES em 2013, faltará pagar a prestação de 100 mil euros relativa a 2015. Dada a crise do BES, o CM questionou o Novo Banco e a Fundação Mário Soares sobre a continuidade desse contrato em 2015, mas não obteve respostas.

Desde 2011, a seguir ao Grupo BES, surgem como principais financiadores da fundação o BPI, com um total de 500 mil euros, e o Ministério dos Negócios Estrangeiros, com 400 mil euros. CM



Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
0 Comentários Blogger
Comentários Facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário