Posts do momento

Resposta ao artigo de Daniel Oliveira 'O Triunfo dos Porcos'

9 9
f

Resposta de Nuno Rafael ao artigo de Daniel Oliveira 'O triunfo dos porcos'.

Tenha dó!
Então quer o Senhor dizer que jamais se pode responsabilizar uma comunidade (entenda-se como comunidade isso mesmo: partilha de valores, costumes tradições, cultura, religião, entre outras coisas...) por algo praticado por essa mesma comunidade!!!!!!!!!!!
Vai-me o Douto Senhor dizer que basta desmarcarmos-nos do que parte da comunidade faz para não sermos responsáveis pelos seus actos...Se no meu bairro eu vir um criminoso a planear e depois a agir e nada fizer, deixo de ter responsabilidade??? Onde está a comunidade islâmica a agir activamente contra isto??? Por ventura já viu a comunidade islâmica a denunciar madrassas clandestinas??? Ou tem dúvidas que isto que se passou em Paris é do conhecimento de todos os "responsáveis" da comunidade islâmica francesa???

Não peça a ninguém que não se radicalize, peça antes que seja activo! Os radicalismos só se param de uma forma radical, por inerência do próprio fundamentalismo (infelizmente). E quando eu vir a dita comunidade a agir com todas as suas forças para que isto acabe ficarei muito mais descansado do que com as suas palavras de circunstância. De outra forma continuaremos a ser vítimas da nossa própria inércia, ao permitirmos que se usem da liberdade que lhes oferecemos e contra a qual lutam, para nos afectar!

O que o Senhor está a dizer é que nunca nos devíamos ter unido radicalmente contra Hitler, porque foi realmente uma forma "radical" de lidar com a situação!!! Aliás... se calhar nem devíamos estar para aqui a discutir sobre isto, não estejamos a ofender alguém!!! Ou quer o Douto Senhor convencer-me que ficar indignado e querer eliminar esta escumalha da Humanidade é ser xenófobo?? Agora ter religião com ódio pelo próximo já é considerado etnia minoritária e digna de protecção, mesmo que os valores deles sejam contrários aos valores humanos??? Tenha dó!

Nuno Rafael

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
comentários blogger
comentários facebook

9 comentários blogger

  1. Islão,Catolicismo,Cristianismo,Judaismo,etc,etc,etc........ qual destes matou mais e continua a matar?Qual seu denominador comum?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O denominador comum chama-se radicalismo... e foi contra isto que me indignei. Radicalismo religioso não tem etnia, é ideologia. Infelizmente todas as religiões teimam em tentar ocultar as suas grandes falhas (veja todos os casos de pedofilia ocultados pelas instituição católica nos últimos cem anos). O problema é que a sociedade actual também teima no "politicamente correcto", esquecendo que isso é só varrer o lixo para baixo do tapete, como que se se ignorasse o problema durante muito tempo ele deixasse de existir!

      Eliminar
    2. Pelo texto não me parece indignado contra o radicalismo mas sim contra os mulçumanos! E sim, isso é xenófobia. Se o é, assuma-se não se escuse em palavras veladas.
      Além do mais o seu texto está preenchidos de meias verdades e enganos. Quer ver a comunidade mulçumanada contra estes grupos radicais, veja e leia noticiais que não sejam RTP ou CNN!!! Em que factos se baseia para dizer que toda comunidade islámica francesa sabia do que ia acontecer? A sua vontade de encontrar argumentos conta? Só pode ser! O resto é ignorância sua como a maior parte do mundo ocidental.
      Não tome a maioria pela acções de uma minoria, isso é uma velha táctica de quem já está contra à partida. Se conhecesse a comunidade islámica saberia o quão ignorante as suas palavras o fazem parecer! (AF)

      Eliminar
  2. Vejam este artigo, sobre o "politicamente correcto".

    http://portugalglorioso.blogspot.pt/2014/07/basta-chegou-hora-da-maioria-pacifica.html

    ResponderEliminar
  3. Quero la saber se sou ou nao xenofobo matava os 3 e tds os que tivessem essas tendencias se tivesse hipotse tal como fariam cmg pela sua religiao , ate pq ja o fazem por Divertimento! Vcs burros q ainda defendem tal ideologia como "terrorismo" so pa mostrarem que sabem falar bom portugues num comentario !! Se tivesses sido tu ou um parente teu a levar um bago na testa queria ver se ainda vinham com a historia de xenofobia

    ResponderEliminar
  4. Para quem viva no anoninato mas a discutir assuntos de grande interesse publico é mt importante ver as noticias da BBC ou outros canais internationais para ñão se fazerem comentários que parecem pouco instruidos. Vivo no Reino Unico e trabalho quase todos os dias com colegas q practicam o Islão, e com colegas q - tal como muitos catolicos em Portugal - jà não practicam o Islão. Também tenho muitos clientes q practicam o Islão e de facto não conheço nenhum q concorde com estes ataques. Á de facto uma divisão muito grande neste momento entre os chamados Jihadist e a maoria dos muçulmanos moderados. Exemplo disso é o facto do Paquistão ter re-introduzido a pena morte para ligar com os fundamentalistas q mataram mais de 100 crianças numa escola. Também é verdade que mais de um ataque a ser planeado em Londres foi desmantelado porque as families denunciaram e informaram a Policia. Muitas communidades muçulmanas tb estão sem saber como lidar e como parar os jovens de serem radicalization.se algum dos senhores tiverem sugestões q não sejam sermos iguais aqueles que criticamos por favor participem de forma constructive.

    ResponderEliminar
  5. Olho por olho, dente por dente= estupidez por estupidez, ignorância por ignorância.

    Anónimo por anónimo.

    ResponderEliminar
  6. A inica coisa que sei e que sao todos estupidos mesmo e destes assasinos ha no islao , portugal, franca, alemanha , china , brasil cada um porque mutivo for relegiao , dinheiro , odio sei la eu so acho mas isso e so eu e que deviao era se matar a eles propios quando nao tao bem pena e de quem morre o resto que se lixe ...

    ResponderEliminar
  7. Palavras nojentas e assustadoras.... e acrescentando a um comentário a cima escrito, "violência por violência, porcos por porcos".

    ResponderEliminar