Posts do momento

«As comissões não são de acompanhamento, mas de branqueamento»

0 0
"O Governo nomeou hoje, por diploma publicado, os três membros que compõem a comissão especial para o acompanhamento do processo de privatização da TAP" - ionline




Mais uma comissão inútil. Ou pior! A comissão para acompanhamento da privatização da TAP serve, em teoria, para “garantir a plena observância dos princípios da transparência, do rigor, da isenção, da imparcialidade e da melhor defesa do interesse público.” Mas como é nomeada pelo governo, de quem depende, a sua independência é uma miragem, a comissão servirá para o governo tentar credibilizar o processo de privatização à custa do currículo do presidente, Cantiga Esteves. Tem sido assim com todos os processo de privatização. O que falta, nesta como em todas as privatizações, são comissões independentes que supervisionem o processo e fiscalizem o governo. No modelo actual, as comissões não são de acompanhamento, mas de branqueamento.

Paulo Morais
vice-presidente da associação cívica Transparência e Integridade

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
0 Comentários Blogger
Comentários Facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário