Posts do momento

Gigantesca fraude fiscal de 180 mil milhões euros

0 0


Traficantes, políticos e artistas terão recorrido ao HSBC para fugir ao fisco.
Uma gigantesca fraude fiscal terá sido perpetrada pela filial suíça do HSBC. O banco britânico é suspeito de ter encoberto do fisco mais de 180 mil milhões de euros. A revelação, feita pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, com sede em Washington, dá conta de 611 contas com titulares portugueses, que terão recorrido ao esquema de off-shores, para a prática de evasão fiscal.

O Grupo Espírito Santo e Américo Amorim estão na lista, mas o cliente português que tinha mais dinheiro na filial suíça do banco HSBC é uma mulher, natural do distrito de Vila Real, que tinha depositados mais de 220 milhões de euros.

Na lista, divulgada esta terça-feira pelo jornal Maka, que teve acesso aos documentos do banco, há outros milionários portugueses que não são conhecidos do público, mas há também outros que são figuras ou empresas conhecidas. É o caso de Américo Amorim, considerado o homem mais rico de Portugal, e duas sociedades que pertenciam ao Grupo Espírito Santo, que entretanto entrou em colapso.

A notícia do jornal Maka Angola é assinada pelo jornalista angolano Rafael Marques.
SIC

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
comentários blogger
comentários facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário