Posts do momento

Casa penhorada por dívida de apenas 300 euros

0 0



O homem de 54 anos, residente em Faro, tinha de pagar às Finanças 1600 euros por uma dívida do Imposto Municipal sobre Imóveis. Em dois meses conseguiu amortizar mais de metade do valor, ainda assim, vai ser obrigado a entregar as chaves da casa onde vive, em Faro, no valor de 113 mil euros, às Finanças.

De acordo com o CM, Olívio Cabral, já tinha pago o resto da dívida – 1669 euros, por não ter pago o Imposto Municipal sobre Imóveis entre 2009 e 2011.

"Em Maio, desloquei-me às Finanças para regularizar a situação, mas como não tinha aquele dinheiro todo, propus pagar em prestações, e ficou assim acordado", explica o trabalhador de construção civil.

Á mesma fonte, o homem acrescentou que, “Nos meses de Maio e Junho amortizei mais de 1300 euros do valor, ficando apenas com 339 euros para pagar.”

Em Julho não regularizou a situação junto das finanças por dificuldades em obter o valor necessário para cobrir o que restava da dívida e adiou mais um mês o pagamento.
Olívio Cabral esperava conseguir regularizar a situação em Agosto, mas entretanto foi notificado pelas Finanças. Na carta dizia que, tinha cinco dias para entregar as chaves da casa.

O homem mostra-se indignado com esta situação, pois "Mesmo com a vida difícil que todos temos em Portugal, onde o trabalho está escasso, paguei tudo o que pude e nunca me passou pela cabeça ficar com essa dívida. Foi um pequeno atraso".

Olívio diz ainda que não havia necessidade de lhe penhorarem a casa: "Iam buscar-me a máquina de lavar roupa ou o frigorífico. Agora perder uma casa por 300 euros não faz sentido".

Como as Finanças não prestam esclarecimentos em casos de beneficiários, não se consegue compreender até que ponto a casa deste homem vai ser penhorada por um valor simbólico, ainda assim, fica o alerta para não se deixar arrastar dívidas, pois “as Finanças não brincam em serviço”!
Fonte: Algarveprimeiro.com

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
comentários blogger
comentários facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário