Posts do momento

Escândalo na Embaixada de Angola em Londres

0 0

Funcionários da Embaixada e do Consulado geral de Angola em Londres continuam sem salários, situação que se arrasta há já mais de 3 meses e parece que não será solucionado tao cedo porque o dinheiro (em liquido) proveniente de Angola que era destinado para solucionar o problema, foi roubado do interior de uma das viaturas da Embaixada que se encontrava estacionada bem defronte da entrada principal edifício da missão diplomática em pleno o dia.

Fontes seguras da própia Embaixada, disseram que devido a crise financeira que se regista em Angola, os diplomatas e outros funcionários do Consulado, ficaram impedidos de receber os seus salários; foi assim que o Embaixador Miguel Neto, mandou o seu filho SAMORA NETO, chefe da administração da Embaixada a se deslocar a Luanda para trazer consigo uma avultada quantia monetária em cash para pagar os salários em atraso dos funcionários.

Segundo os nossos informantes, Samora Neto regressou a Londres com 1 milhão de libras em cash (equivalente a 1 milhão e 700 mil dólares) em duas malas, sem que o mesmo declarasse no aeroporto às autoridades Britânicas, sobre a quantia em cash que trazia consigo, e pelo facto de ser diplomata e gozar de imunidade diplomática, a sua bagagem não foi revistada.

Do aeroporto do Heathrow, Samora Neto colocou as malas com o dinheiro na viatura da Embaixada que habitualmente conduz e partiu directamente para Embaixada de Angola que fica situada no centro de Londres. Ao chegar à Embaixada, não deu a conhecer a ninguém, nem mesmo aos seguranças sobre as enormes quantidades de dinheiro que trazia no carro.

Descontraidamente entrou na Embaixada e ficou por lá, como se nada tivesse acontecido. Passado algum tempo os funcionários da Embaixada foram surpreendidos com os gritos fortes que se ouviam fora da Embaixada. Quando saíram para averiguar o que se passava, encontraram o Samora Neto filho do Embaixador Miguel aos choros e gritos, dizendo que dois indivíduos encapuzados haviam aberto o carro e levado com eles todo o dinheiro.

O curioso de tudo isto, é que a Embaixada de Angola diante de uma situação tão séria, se negou em denunciar o roubo às autoridades Britânicas sob o pretexto, de o dinheiro ter entrado naquele país de forma ilegal.

Ate agora não há queixa, os tais ladrões a solta e os funcionários sem salário.
A outra questão é o facto de o Embaixador possuir vários guarda-costas, e o que não se compreende é o porquê de Samora Neto, sabendo que trazia tamanha quantidade em cash, não orientou os guardas para o escoltarem do aeroporto até a Embaixada.

Pergunta-se também, se o dinheiro era para pagar os salários, porque não colocou o dinheiro dentro da Embaixada, preferindo deixar a massa toda dentro do carro.

Esta é a notícia que mais circula e se comenta no seio da comunidade angolana da Inglaterra. Comenta-se que a maior parte dos funcionários da Embaixada desconfiam que o roubo foi um plano arquitectado pelo próprio filho do Embaixador para se apoderar do dinheiro.
http://ponto-final.net/home

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
comentários blogger
comentários facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário