Posts do momento

Privatização da TAP: «Estamos a ser aldrabados» - Carlos Paz

0 0


Deixo um AVISO: Na privatização da TAP estamos a ser ALDRABADOS.

O processo de privatização da TAP foi desenhado por pessoas sem escrúpulos, foi aprovado por políticos desonestos, está a ser conduzido por corruptos e, apesar da existência da capa de uma comissão independente (ciosa da ribalta mediática), será concluído da forma que melhor servir uma enorme rede de interesses instalados.

Sem qualquer respeito pelo País, pela empresa, pelos seus trabalhadores e pelos trabalhadores de TODAS as empresas cuja actividade depende directamente da actividade da TAP.
Acima de tudo, sem qualquer respeito pelos Portugueses!

Para que se perceba a ENORMIDADE do que está a ser feito e a forma IGNOMINIOSA como está a ser feito, vale a pena conhecer alguns exemplos do processo:
O Caderno de Encargos da Privatização diz que é necessária a recapitalização da empresa, mas não diz:
- Com que valores;
- Em que prazos;
- Qual a necessidade de capitais públicos.
O Caderno de Encargos da Privatização diz que é necessária a renovação da frota, nomeadamente da Portugália, mas não diz:
- Em quanto tempo;
- Com que tipo de aviões;
- Quais as idades médias que se pretendem para a frota no curto e no médio prazo.

O Caderno de Encargos da Privatização diz que é necessária a manutenção do HUB do Aeroporto de Lisboa, mas não diz:
- O que é um HUB em concreto;
- Qual o volume de actividade da companhia que terá de permanecer na base de Lisboa;
- Como se vai regular (e supervisionar) esta actividade (e que acontecerá no pós-portela).
O Caderno de Encargos da Privatização diz que é possível uma compra de até 61% da Empresa, mas não estabelece:
- Percentagens concretas;
- Prazos e preços para o remanescente;
- Condições de salvaguarda da posição do Estado (de TODOS nós).
Resumindo: o Caderno de Encargos é PROPOSITADAMENTE:
- Omisso;
- Confuso;
- Aberto nas alternativas;
- Tecnicamente INCOMPETENTE.

Qual é o OBJECTIVO?
Tornar IMPOSSÍVEL qualquer comparação OBJECTIVA entre as diversas Propostas em jogo (de facto trata-se de um JOGO, nada mais que isso).
Então, qual o PORQUÊ de ser assim?
Para permitir, mesmo sob a capa de uma pseudo-comissão pseudo-independente (liderada por um Académico honesto e bem intencionado, mas que não é mais que isso mesmo: um ACADÉMICO que POUCO sabe da vida real), fazer a escolha do VENCEDOR não pelo interesse Nacional ou pelo interesse da Empresa (e de TODOS os trabalhadores que dela dependem), mas sim baseado nos critérios que, PARA QUEM DECIDE, melhor sirvam os seus interesses:
- Melhor financiamento partidário;
- Mais dinheiro pago por fora;
- Garantias de Emprego de futuro para os decisores;
- Garantias de não averiguação de todo um passado de DESVIOS, ERROS, OMISSÕES e INCOMPETÊNCIA na Gestão da Empresa;

Quando for anunciado o vencedor de uma coisa teremos todos a CERTEZA: Independentemente de ser ou não aquela que era a melhor proposta para os interesses da Empresa ou do País, é, de certeza, a melhor proposta para os INTERESSES PARTICULARES de quem decidiu!
***

NADA tenho contra uma economia em que os factores produtivos sejam privados, desde que regulados e supervisionados. NADA tenho contra a privatização da TAP que, do ponto de vista técnico, é INDISPENSÁVEL para a sobrevivência da companhia a prazo. NADA tenho contra empresários privados que apostem o seu investimento na mira da obtenção de uma remuneração JUSTA e HONESTA do seu capital.

TUDO tenho contra uma economia selvagem em que um Estado, PROPOSITADAMENTE fraco, é manietado por políticos corruptos (de TODAS, mesmo TODAS, as cores), por grupos de interesses, por gente INDIGNA.

TUDO tenho contra QUALQUER privatização sem que, PROPOSITADAMENTE, existam condições para regular e supervisionar a empresa depois de privatizada (são disto exemplos claros o BES, a PT, a EDP, a REN, a ANA, os CTT, etc…).

TUDO tenho contra empresários que sem qualquer pudor alimentam esquemas de COMPADRIO e CORRUPÇÃO que têm como consequência o enriquecimento ilícito da maioria dos intervenientes no processo, à custa da MISÉRIA, do DESESPERO e da DESTRUIÇÃO das vidas de quem, com o esforço do seu trabalho, a única coisa que pretende é uma vida condigna.

Desculpem-me o desabafo: Já CHEGA de tanta PORCARIA! Já CHEGA de tanta ALDRABICE! Já CHEGA de tanta CORRUPÇÃO!
Já CHEGA de estarmos CALADOS!

Carlos Paz  professor economia

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
0 Comentários Blogger
Comentários Facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário