Posts do momento

O mestrado falso do presidente do Eurogrupo

0 0  ● API

Denúncia do Sunday Independent obriga ministro holandês a alterar currículo.


Jeroen Dijsselbloem, presidente do Eurogrupo

Em 2013, o presidente do Eurogrupo teve de retirar do currículo um mestrado em Economia Empresarial, pela University College Cork (UCC), que nunca existiu naquela instituição.

Jeroen Dijsselbloem retirou a referência ao mestrado, substituindo-a pela realização de uma "investigação em Economia Empresarial com vista à obtenção de um mestrado na University College Cork".

A correcção do currículo que existia em vários sites oficiais, incluindo no do Eurogrupo, aconteceu depois da denúncia do Sunday Independent.

O jornal inglês, citando fonte da referida universidade, garantia que o mestrado referido no currículo de Jeroen Dijsselbloem “não existia”. De acordo com a mesma fonte, o presidente do Eurogrupo esteve alguns meses na University College Cork a realizar uma investigação sobre economia agrícola.

O Ministério holandês das Finanças assumiu o erro, alegando que se ficou a dever a “uma fonte de informação incorrecta”.
*****

Actualização (Março-2017)


Veja: Ricardo Araújo Pereira responde a Dijsselbloem:
«Portugal não gastou quase nada em copos e mulheres»

Partilhe este artigo

Facebook/Portugal Glorioso

127 mil pessoas gostam disto

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários-Facebook
0 Comentários-Blogger

0 comentários blogger

Enviar um comentário