Posts do momento

Bataglia no Parlamento: Se fosse hoje seria imediatamente detido

0 0



Na investigação ao processo de José Sócrates, o Ministério Público continua atrás de Helder Bataglia, uma das pontas soltas que leva aos dinheiros depositados nas contas de Carlos Santos Silva. Em Agosto o Ministério Público mandou emitir um mandado de captura internacional para apanhar o empresário luso-angolano. À SIC, Bataglia recusou comentar.

Escreveu na altura Paulo Morais:
Hélder Bataglia, presidente da Escom, assumiu, em plena Assembleia da República, que, num negócio de 27 milhões, desviou 21. Ou seja, cerca de 80%. A isto chama-se administração danosa. É crime. No entanto, nem os deputados o questionaram sobre este ato de gestão, nem a Justiça o acusou. Só mesmo no Parlamento português alguém pode assumir um crime desta dimensão e ficar impune. Ver AQUI


Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
0 Comentários Blogger
Comentários Facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário