Posts do momento

O estranho caso dos passaportes dos atentados de Paris

0 0


Os terroristas têm sempre super-passaportes...

Julgávamos que, após os terroristas terem atingido as Torres Gémeas, com aviões cheios de combustíveis ao ponto de provocarem uma combustão capaz de derreter o aço, e mesmo assim terem descoberto o passaporte intacto um dos terroristas no meio dos escombros, a farsa já tinha acabado.

Mas não. Pelos vistos quanto mais grotesca é a mentira mais ela se repete.

Desta vez foi descoberto o passaporte de um dos terroristas que se fez explodir. O terrorista ficou desfeito, mas o seu passaporte não.

E surpresa! O passaporte é sírio! Por pouco não era o passaporte de Bashar Al-Assad. No próximo atentado a aposta lógica é que o passaporte será iraniano.

Terroristas amadores...

Desde os atentados do 11 de Setembro que se tornou uma mania, a de os terroristas não se esquecerem de levar com eles ou o bilhete de identidade ou o passaporte. É lógico, vão se matar mas não esquecem a identificação.

Quando não o têm a identidade com eles, esquecem o passaporte no caro ou um livro em árabe.

No 11 de Setembro um dos terroristas até transportava com ele um livro sobre instruções de pilotagem, um pouco como aqueles alunos que pelo caminho vão revendo a matéria antes do exame. Neste caso, todos os especialistas estão de acordo para referir que as manobras efetuadas pelos aviões que atingiram as Torre Gémeas eram fruto de um piloto experiente, por isso convém rever a matéria.

Neste caso dos atentados de Paris, também temos terroristas que andam de caro com uma matricula verdadeira, neste caso uma matricula belga.

Para uma serie de atentados extremamente bem planeados, dignos de uma Mossad, afinal estes terroristas não passam de amadores...
fonte: octopedia.blogspot.pt/

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
comentários blogger
comentários facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário