Posts do momento

Não era preciso fechar o Banif, diz CE

0 0




"A operação surpreendeu pela dimensão do dinheiro estatal envolvido, que no imediato foi de 2.255 milhões de euros, o que obrigou a um Orçamento retificativo.
A este valor há ainda que somar a prestação de garantias de 746 milhões de euros e a perda dos cerca de 800 milhões de euros que o Estado tinha emprestado em 2012 e que não tinham sido devolvidos. No total, e retirando os 150 milhões de euros pagos pelo Totta, os custos para contribuintes podem chegar até 3.600 milhões de euros." fonte JN
* * *

O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa e o primeiro-ministro António Costa decidiram oferecer o Banif ao Santander e assumir um prejuízo de mais de dois mil milhões de euros em nome do povo. Contaram com a cumplicidade da TVI que anunciou, sendo mentira, o encerramento dos balcões do Banif. O banco desvalorizou e o mesmo Santander, accionista da Prisa, dona da mesma TVI, ficou com um banco... de borla. Carlos Costa continua no Banco de Portugal. Costa no governo e a direcção da TVI inamovível. Na altura justificaram a urgência com um bode expiatório, seria uma imposição da Comissão Europeia. Mais uma mentira.

Paulo Morais

Paulo Morais arrasa TVI:
«A maior manobra de manipulação da opinião pública de que há memória»

Partilhe este artigo

Portugal Glorioso 124 400 gostos
pessoas partilharam isto
Post Anterior
Prev Post
Post Seguinte
Next Post
comentários FB
0 comentários Blog

0 comentários

Enviar um comentário