Posts do momento

«O que desapareceu dava para começar uma guerra civil»

0 0



Granadas e explosivos roubados dos Paióis Nacionais de Tancos
"O poder politico não percebe um "carapau" de Segurança e Defesa, nem quer perceber.", diz Hernâni Carvalho. Mais frases neste video: "Com o que desapareceu dava para começar uma guerra civil" (...) "O que está a acontecer é de uma extrema gravidade que, provavelmente, nem sequer os políticos que estão no governo conseguem perceber" (...) "Isto vai ser uma vergonha internacional. É o falhanço total da Segurança."
Entretanto...
Embaixada dos EUA em Lisboa pediu reforço do nível de segurança. Na sequência do roubo de armas e munições, ocorrida na passada quinta-feira nos Paióis Nacionais de Tancos, a Embaixada dos EUA em Lisboa pediu um reforço do nível de segurança junto às instalações. Mais roubos: "Se é possível roubar o que quer que seja da direcção nacional da PSP, não há lugar seguro em Portugal"


O jornal El Español divulgou uma lista completa do material bélico roubado dos paióis de Tancos. Eis a lista:

450 cartuchos de 9 mm;
22 Bobinas de fio para ativação por tração;
1 Disparador de descompressão;
24 Disparadores de tração lateral multidimensional inerte;
6 Granadas de mão de gás lacrimogéneo CS / MOD M7;
10 Granadas de mão de gás lacrimogéneo CM Anti-motim M / 968;
2 Granadas de mão de gás lacrimogéneo Triplex CS;
90 Granadas de mão ofensivas M321;
30 Granadas de mão ofensivas M962;
30 Granadas de mão ofensivas M321;
44 Granadas foguete antitanque carro 66 mm com espoleta M4112A1 com lançamento M72A3 –M/986 LAW;
264 Unidades de explosivo plástico PE4A;
30 CCD10 (Carga de corte);
57 CCD20 (Carga de corte);
15 CCD30 (Carga de corte);
60 Iniciadores IKS;
30,5 Lâminas KSL (Lâmina explosiva)

Comente e Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
comentários
0 comentários

0 comentários blogger

Enviar um comentário