Posts do momento

Inquérito à CGD: «Parece que há uma verdade inconveniente que não se quer que venha a público»

0 0




Luís Marques Mendes analisa a polémica sobre o número de vitimas de Pedrógão, a Lei da Rolha nos bombeiros, a comissão de inquérito à CGD.

TRAGÉDIA DE PEDRÓGÃO: "A pior coisa que podia haver agora era uma polémica sobre quantas pessoas faleceram. Acho que as autoridades deveriam divulgar, preto no branco, com total transparência, o número de vítimas, para que não restem dúvidas".

LEI DA ROLHA NOS INCÊNDIOS: "Há aqui uma mudança de comportamento da parte do Governo depois destas três ‘semanas fatídicas’. O Governo ficou afectado politicamente e em vez de reagir com humildade reagiu com arrogância. António Costa andou tanto tempo a afastar-se de Sócrates para agora ficar, de repente, com tiques socráticos".

INQUÉRITO À CGD: "O Estado português tem de meter na Caixa Geral de Depósitos uma "pipa de massa" por causa do "buraco" do passado. A primeira coisa que se exigia era, ao menos, perceber como é que se criou este 'buraco' na Caixa, o que é que correu mal?... E, apesar de tudo isto, a Comissão de Inquérito à Caixa acabou como começou – sem concluir nada e sem descobrir coisa nenhuma. Parece que há uma verdade inconveniente que não se quer que venha a público".
Miguel Sousa Tavares sobre a Caixa: "Um escândalo público e não pode passar sem consequências"

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
comentários
0 comentários

0 comentários blogger

Enviar um comentário