Posts do momento

«Pedem-lhes tudo, mas não lhes dão nada» Nuno Rogeiro

0 0


PEDEM-LHES TUDO

Pedem-lhes acção, mas inactivam-nas.

Pedem-lhes missões, mas tiram-lhes meios.
Pedem-lhes nobreza, mas passam o tempo a desonrá-las.
Pedem-lhes disciplina, mas semeiam-lhes caos.
Pedem-lhes fins, mas tiram-lhes meios.
Pedem-lhes sacrifício, mas zombam com este.
Pedem-lhes eficácia, mas só apreciam burocracia.
Pedem-lhes operacionalidade, mas não o querem.
Pedem-lhes espírito castrense, mas só sabem castrá-las.
Pedem-lhes prontidão, mas só quando se lembram.
Pedem-lhes união, mas manipulam-nas.
Pedem-lhes honestidade, limpeza de processos e bom governo interno, mas eles próprios são exemplo do oposto.

Pedem-lhes independência, mas domesticam-nas.
Pedem-lhes coragem, mas elogiam a cobardia.
Pedem-lhes que defendam a bandeira e o povo, mas no fundo desprezam os dois.
Pedem-lhes que protejam a Pátria, não até ao fim das suas vidas, mas só até ao fim das suas propriedades.
Pedem-lhes que morram, mas injuriam os caídos.
Pedem-lhes - discretamente - que desapareçam, mas não possuem a coragem de as dissolver.

Pedem-lhes tudo, mas não lhes dão nada.

Nuno Rogeiro

Comente e Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
comentários
0 comentários

0 comentários blogger

Enviar um comentário