13 Outubro 1307 (sexta-feira) marca o fim da Ordem dos Templários - Portugal Glorioso

13 Outubro 1307 (sexta-feira) marca o fim da Ordem dos Templários

coment
 ●

Os Templários e os seus feitos heróicos (inclusive os serviços por eles prestados nos primórdios da nossa nacionalidade), são por demais conhecidos, pelo que me abstenho de aprofundar o assunto para não "maçar" os meus leitores.

Foi com a preciosa ajuda dos Templários que D. Afonso Henriques conquistou Lisboa, entre outras. Mas antes disso, quando ainda reinava Dª. Teresa, já os Templários faziam notar a sua valiosa presença.

A Ordem foi fundada por Hugo de Payens, em 1118, com o apoio de mais 8 cavaleiros.

A finalidade era proteger os peregrinos que se dirigiam a Jerusalém, mais precisamente o caminho de Jafa a Casareia, vítimas de ladrões em todo o percurso e, já na Terra Santa, dos ataques que os muçulmanos faziam aos reinos cristãos que as Cruzadas haviam fundado no Oriente.

E qual foi a razão do seu fim?

O Rei Filipe IV de França havia solicitado a entrada na Ordem, porém não foi aceite por se recusar a abdicar das suas riquezas e poderes. A partir desse momento, o Rei inicia uma perseguição à Ordem do Templo acusando-os de heresia.

A ordem de prisão foi redigida em 14 de Setembro de 1307, e no dia 13 de Outubro de 1307 (uma sexta-feira), todos os cavaleiros que estavam em território francês são detidos.

Há historiadores que afirmam, porém, que foram outras as causas da perseguição. Como a Ordem era imensamente rica e este Rei tinha avultadas e quase impagáveis dívidas para com ela, a sua extinção foi a forma que o Rei encontrou para as saldar...

Mais esperto foi o nosso D. Dinis que deu a volta ao problema, já que, ao trocar o nome para 'Ordem de Cristo', fez com que todas as riquezas dos Templários ficassem por cá.

Bem pode o Infante D. Henrique agradecer ao trisavô pelos benefícios da Ordem de Cristo, de que foi Mestre, dando assim origem odisseia marítima dos portugueses.

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários