Paulo Morais: A EDP manda nos políticos - Portugal Glorioso

Paulo Morais: A EDP manda nos políticos

coment
 ●
Taxa chumbada pelo PS permitia aos consumidores poupar até €40/ano na conta da luz.



O PS e o Bloco acordaram baixar o preço da energia, aplicando uma taxa nas Renováveis. "O Governo disse que sim, o PS aprovou e depois voltou atrás e chumbou a medida." Ou seja, faltou à palavra. O Ministro da Economia foi desautorizado... mas não se demite. O Bloco de Esquerda foi traído... mas votou a favor do orçamento.

Síntese:

1. A EDP manda nos políticos.

2. Os políticos (do PS, do BE e outros), agarrados ao poder, aceitam tudo, acatam qualquer desconsideração, fazem tristes figuras e nem se apercebem.

3. Os portugueses, tendo dos menores rendimentos na Europa, pagam os valores mais altos pela energia eléctrica.

Paulo de Morais


adenda: 14-10-2018
«Secretário de Estado da Energia Seguro Sanches sai do Governo»
Sabe-se agora que o secretário de Estado não sobrevive no lugar, depois de ter sido o principal rosto das medidas que desagradam às grandes empresas do sector eléctrico.

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários