Posts do momento

Pára tudo, JÁ! Portugal, 41 anos depois do 25 Abril

4 4  ● API


(...) O que chamamos democracia começa a assemelhar-se tristemente ao pano solene que cobre a urna onde já está apodrecendo o cadáver. Reinventemos, pois, a democracia antes que seja demasiado tarde. (José Saramago, Nobel da literatura)

A Verdade Sem Medos!
"O medo voltou. A Sociedade portuguesa está dominada pelo medo".
excerto de 4 minutos: Expresso da Meia-Noite 25-04-2014 Tema: 25 de Abril, 40 Anos depois. Com: Maria José Morgado, Procuradora-geral Adjunta - Maria de Sousa, Cientista - Joana Amaral Dias, Psicóloga - Hélia Correia, Escritora.

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
comentários
4 comentários

4 comentários blogger

  1. Não foi esta senhora quem deu proteção a uma pessoa da estirpe de Carolina Salgado para tentar a todo o custo obter provas para incriminar Pinto da Costa e o FCP, mas que se esqueceu de investigar o presidente do SLB (para quem o seu falecido marido trabalhava) cuja fortuna sabe-se ser de proveniências mais que duvidosas, bem como os seu métodos de gestão e "controlo" na qualidade de presidente do SLB?

    ResponderEliminar
  2. Mas que grande confusão vai por aí, Roque !!
    Fique sabendo que o presidente do Benfica foi preso graças a esta senhora.
    Já o corrupto da Costa....

    ResponderEliminar
  3. Todo o 25A nasceu inquinado, ninguém soube porquê, mesmo hoje, só se conhece as consequências e foi completamente camuflada a causa. A Senhora magistrada só parece saber parte da verdade, porque ainda nem deu conta que o Estado é comunista o dito se encontra quase totalmente implantado, o cidadão comum tem que pedir autorização para quase tudo que é relacionado com a sua vida, isso chama-se o quê?

    ResponderEliminar
  4. Em Portugal vive-de uma ditadura parlamentar, enquanto devagarinho se implantou um comunismo bem disfarçado e ainda "suave".

    ResponderEliminar