Portugal Glorioso

Polémica na PGR: «Um atentado à Democracia» Gomes Ferreira

 ● 14/02/20

Polémica na PGR

Intervenção de José Gomes Ferreira na SIC Noticias: "Isto é subverter completamente as regras da autonomia do Ministério Publico. As pessoas não têm noção, mas neste momento a Democracia está em risco. Seriamente! E se os portugueses não têm consciência disto, deviam perceber rapidamente o que está em causa: Isto é uma defesa descarada dos interesses do centrão. Só não vê quem não quer.

Os portugueses têm toda a legitimidade para colocar questões: porque é que aparece agora esta situação, numa altura em que faltam poucos meses para haver uma acusação no caso BES/GES? Neste momento, os processos que têm a ver com grandes gestores e grandes banqueiros estão a chegar à fase de acusação. E é agora que se mudam as regras?"



Ler mais

«Rui Patrício jura que a nossa Justiça está fresca e fofa?» Joana Amaral

 ● 12/02/20
Ah sim, sem dúvida que para os bandidos que batem à porta do seu escritório tem servido na perfeição.



fonte: publico

O advogado Rui Patrício afirma que em Portugal a Justiça funciona e não é lenta. Este pusilânime integra o Conselho de Combate à Corrupção mas tem tido clientes em todos os mega-processos que surgiram em Portugal, como a Operação Marquês, a Op. Fizz ou a Lex. Ou seja, em dias pares combate os corruptos, nos ímpares defende-os.

Jura que a nossa Justiça está fresca e fofa? Ah sim, sem dúvida que para os bandidos que batem à porta do seu escritório tem servido na perfeição.
Joana Amaral Dias

video:




ADENDA 12-02-2020, 17:00
(...) Com experiência a defender corruptos, Rui Patrício foi nomeado para o Conselho de PREVENÇÃO DA CORRUPÇÃO - Inacreditável! Mas ainda mais incrível é que Rui Patrício disse agora ao jornal "Público" que já não é membro do Conselho; mas o site do Conselho [na imagem] ainda o apresenta como membro. Será que Patrício, de tanto defender corruptos, se esqueceu que é membro da Prevenção da Corrupção? Ou teve um assomo de vergonha e saiu sem se despedir e sem avisar?
(Paulo de Morais)
Ler mais

«Um Orçamento Estado que deixa os pobres ao frio» Paulo Morais

 ● 08/02/20
O Parlamento aprovou um OE que impõe a uma Família pobre que esta pague 23% de IVA na electricidade... Mas já permite que, numa estadia num Hotel de Luxo, o IVA seja à taxa reduzida de 6%.



O Parlamento aprovou um Orçamento de Estado que impõe a uma Família pobre que esta pague 23% de IVA na electricidade que consome para se aquecer no Inverno (quando consegue pagar)... Mas o mesmo orçamento já permite que, numa estadia num Hotel de Luxo, o IVA seja à taxa reduzida de 6%.

Além do mais, esta determinação é inconstitucional, pois a Constituição determina que "A tributação do consumo (IVA) deve onerar os consumos de luxo" (Artigo 104.º).

Incongruências, com o apoio da dita "Esquerda" do Partido Comunista e do Bloco - que deixa os pobres ao frio e viola a Constituição.
Paulo de Morais
Ler mais

Paulo Morais arrasa os atrasos na entrega dos registos de interesses

 ● 06/02/20

O Parlamento envergonha o País.

Porque não entregam os deputados os seus registos de interesses? Porque não são divulgados os interesses privados dos deputados pela Assembleia da República? São estes relapsos que vão hoje votar um Orçamento do Estado que condiciona a vida de todos nós. Que Inferno! (Paulo de Morais)


Deputados entregaram registo de interesses fora de prazo. Alguns parlamentares invocaram problemas com o software, outros com o cartão de cidadão. Tinham até 24 de Dezembro mas, em Janeiro, ainda faltavam perto de quatro dezenas. Não há qualquer registo no site da AR. (Jornal i 6/2/20)

Escrutínio

Paulo Morais, presidente da Frente Cívica, arrasa os atrasos na entrega dos registos de interesses, dizendo mesmo que estes não existem para a Comissão da Transparência os analisar: "Existem para que haja transparência e possa haver um escrutínio público". "O registo de interesses deve ser publicado imediatamente assim que seja recebido", diz.

Prazo permissivo 

"Não há desculpa nenhuma para o registo de interesses não ser do conhecimento público, porque uma declaração de registo de interesses preenche-se por um cidadão que tenha mais do que a 4.ª classe em 24h ou 48h. O prazo de 60 dias é mais do que permissivo", afirma, concluindo que no "61.º dia, a população deveria ter acesso aos registos". "Não há desculpa nenhuma" (i online)

Ler mais

António Vitorino, Isabel dos Santos e a GALP

 ● 29/01/20
Em 2011, já ISABEL DOS SANTOS era accionista de referência na GALP. E então um famoso advogado e lobista português desenvolveu negociações para que Isabel dos Santos reforçasse o seu poder na GALP. (Paulo Morais)



Em 2011, já ISABEL DOS SANTOS (e a Sonangol) era accionista de referência na GALP.

E então um famoso advogado e lobista português desenvolveu negociações para que Isabel dos Santos aumentasse a sua participação e reforçasse o seu poder na GALP.

Isabel recusou.

É hoje Comissário das Nações Unidas para os Refugiados... talvez pela sua experiência em transferências internacionais.

Paulo de Morais
Fisco desistiu de cobrar 125 milhões à Brisa, cujo presidente da AG é António Vitorino
Ler mais

Luanda leaks: Interesses que os comentadores escondem dos telespectadores

 ● 28/01/20

ANGOLA CONNECTION: Porque os escondem? (Paulo Morais)




ANGOLA CONNECTION 1:
Luis Marques Mendes, como jurista, integra a Sociedade ABREU Advogados, com escritório (Desk) em Luanda (lmm@abreuadvogados.com). É ainda membro dos órgãos sociais da Caixa Geral de Angola. Com tantos interesses em Luanda , a sua opinião sobre Angola e "Luanda leaks" é informada. Mas não é certamente independente!

ANGOLA CONNECTION 2:
JORGE COELHO é VICE-PRESIDENTE da MOTA-ENGIL, empresa com imensos interesses, negócios e responsável por muitas obras públicas em Angola, hoje como nos últimas décadas. Com tantos interesses em Luanda , a opinião que emite na TVI sobre Angola e "Luanda leaks" é informada. Mas não é certamente independente!

ANGOLA CONNECTION 3:
PAULO PORTAS é alto dirigente da MOTA-ENGIL Internacional, empresa com imensos negócios e responsável por muitas obras públicas em Angola, hoje como nos últimas décadas. Com tantos interesses em Luanda , a opinião que emite na TVI sobre Angola e "Luanda leaks" é informada. Mas não é certamente nada independente! No mínimo, deveria (ele e a TVI) fazer a sua declaração de interesses. Porque os esconde?

Paulo de Morais

Ler mais

Luanda Leaks: «A festa dos cínicos e dos hipócritas» Joana Amaral

 ● 22/01/20
Aquilo que me deixa alguma perplexidade é esta festa dos cínicos e dos hipócritas perante esta investigação. Só agora é que descobriram que Isabel dos Santos é corrupta e que é uma ladra? (Joana Amaral Dias)



Descobriram agora que Isabel dos Santos é corrupta e esbulhou Angola, construindo um império em cima do seu povo e das ossadas das suas crianças, sendo que se trata do país onde é mais perigoso nascer?

Até há pouco tempo a elite portuguesa escarnecia da justiça Angola e chamava-lhe ‘o irritante’. Até muito recentemente, Isabel dos Santos e toda uma corte pútrida jactava pelo nosso país, ostentando riqueza e branqueando dinheiro, enquanto o capital português beijava o chão que pisava e lhe lambia os pés.

A menina do ZéDu edificou a sua fortuna no petróleo e nos diamantes que passou sempre pelo nosso país, pela NOS, pela banca, pela Efacec.

Sempre houve bajulação e a cumplicidade na corrupção e no nepotismo angolanos por parte dos responsáveis portugueses: das autoridades judiciais à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e ao Banco de Portugal. Afinal, os dirigentes do CDS, PSD, PS e CDS participavam no congresso do MPLA.

Enfim, tudo pelo dinheiro. A pasta, a grana, o pilam. O Cumbu. Esperemos apenas que se faça justiça e que todos os cúmplices, lá como cá, paguem pelo saque que perpetraram.
Joana Amaral Dias

video

Ler mais