«Hoje Portugal é meio bordel, meio casino» Joana Amaral Dias

Comentário de Joana Amaral Dias sobre a TAP, que encomendou dezenas de BMW para administradores e diretores de topo.

«Hoje Portugal é meio bordel, meio casino» Joana Amaral Dias

Hoje Portugal é mesmo meio bordel, meio casino. Então, uns milhões para a frota automóvel dos administradores da TAP para que andem pimpões bem montados no burrito reluzente, hum? 

Portanto, despedimentos, cortes salariais, clientes tratados como lixo, mas guita para os popós há sempre, né? 

Que país atrasado de patos bravos e novos ricos que tanto valorizam pedaços de lata. Na esteira da novilingua reinante, ainda têm o topete de bradar que com esta aquisição pouparam dinheiro, lol.

Novidade brutal: se não comprassem carros novos - e se os administradores janotas usassem o seu próprio carrinho - poupavam ainda mais, capisce? Simples. 

Claro que isto é uma migalha quando comparado com o tesouro público que já la foi enterrado a fundo perdido, posto que é para privatizar outra vez. Mas caramba, é aquela gota que faz transbordar a barragem. Que obscenidade.

facebook.com/joanamaraldias/

ACTUALIZAÇÃO:

A TAP desistiu dos BMWs, os quais, juravam os gestores, poupariam €650 mil. Ou os gestores são fraquitos ou escolheram o prejuízo. Ambas as hipóteses explicam o buraco da TAP. Por mim, amanhã vou à Mercedes: preciso poupar umas massas.
Com tecnologia do Blogger.