Posts do momento

Faz hoje 802 anos - Batalha de Navas de Tolosa

0 0

Desde a reconquista cristã iniciada em 722 pelos bravos guerreiros de D.Pelayo que se tinham refugiado em Covadonga nas Astúrias, depois de derrotados pela moirama na batalha de Guadalete em 711, que se não tinha assistido a uma vitória tão épica como esta Batalha de Navas de Tolosa, em que todos os historiadores são unânimes no facto desta importantíssima batalha, ter alterado o curso da História.
Travada sob um sol abrasador em 1212 nas montanhas de Andaluzia junto à Serra Morena, bem como anos mais tarde na batalha do Salado (1340) igualmente na Andaluzia, onde também os Portugueses se cobriram de glória ao ajudarem a travar o avanço da moirama, foi o que se pode chamar o verdadeiro rastilho para que em 1492, os Reis Católicos de Castela (Isabel) e Aragão (Fernando) tomassem de vez aos infiéis o seu último bastião de Granada, e ter por fim toda a Espanha unida, sob o manto protector do Cristianismo que é a Religião que consta do ADN dos Portugueses e Espanhóis.

O rei de Castela, Afonso VIII, depois de derrotado em Alarcos (1195), avaliou encontrar-se em risco uma das mais importantes de suas cidades, Toledo. O monarca enviou então a Roma o arcebispo de Toledo pedindo ajuda. O Papa declarou esta guerra como sendo uma cruzada e ordenou às Ordens Militares e os Reis Cristãos a participarem, pois a queda de Toledo significaria a de toda a Península Ibérica.

Segundo historiadores da época, havia do lado muçulmano 400 mil combatentes do Senegal, Fez, Marrocos, Etiópia, e Pérsia, e do lado cristão 100 mil, incluídos os cruzados franceses, ingleses, alemães e italianos que se uniram aos seus irmãos de Castela, Navarra e Aragão, além de um exército enviado pelo Rei de Portugal D.Afonso II na importante batalha que poderia assegurar, ou o inicio da reconquista do território hispânico para a Cristandade, ou para a islamização de toda a Península Ibérica.
fontes; http://gladio.blogspot.pt/- catolicismo@terra.com.br http://pt.wikipedia.org

Partilhe este artigo

Post Anterior
Prev Post
Próximo Post
Next Post
0 Comentários Blogger
Comentários Facebook

0 comentários blogger

Enviar um comentário