Posts do momento

«Não percebo que haja mesquitas onde se prega o ódio e continuem abertas»

0 0


"Uma coisa que nunca entendi: como é que os portugueses que vão combater no Daesh não perdem imediatamente a nacionalidade? (...) Estamos a chegar a um ponto em que, desgraçadamente, teremos de concluir que o mal está no Islão. O mal está no uso que deram ao Islão. O Corão farta-se de pregar a violência. É um texto profundamente agressivo e punitivo", diz Miguel Sousa Tavares.


Partilhe este artigo

Portugal Glorioso 125 700 gostos
pessoas partilharam isto
Post Anterior
Prev Post
Post Seguinte
Next Post
comentários
0 comentários

0 comentários blogger

Enviar um comentário