«Ouro, Prata e Silva» de Miguel Szymanski

Ouro, Prata e Silva - Miguel Szymanski

Thriller e Policial: O ex-jornalista Marcelo Silva investiga um caso que envolve milionários, ex-ministros e políticos corruptos, redes de prostituição e um crime financeiro de tal ordem que deixa o país e o sistema político à beira do colapso. Se não fosse a mais pura ficção podia ser um livro de história contemporânea.

Um thriller que nos leva de Lisboa a Berlim, passando pelo Alentejo e o Algarve. Pelo meio, uma mulher sem futuro, três vítimas e um 'herói' sentimental que tenta sobreviver num mundo cínico. (Editor: Suma de Letras)

portugal glorioso

Comentários

Eduardo Dâmaso:
O livro do Miguel Szymanski é um delicioso 'noir' sobre os anos da crise e da troika. E Marcelo Silva pede meças ao Pepe Carvalho, do saudoso Manuel Vásquez Montalbán.
Augusta Clara Matos:
Já li este livro do Miguel Szymanski de que gostei bastante. Com um enredo muito bem engendrado, a história, na senda de Montalbán e Simenon onde não falta um carismático investigador policial Marcelo Silva, mergulha na teia do sub-mundo da corrupção em Portugal com todas as ramificações na banca, na comunicação social e na própria justiça. É muito bom. Recomendo.

Agradecimentos do autor

(...) Agradeço também a inspiração aos banqueiros, magnatas e políticos, com os quais me cruzei ao longo de 25 anos de jornalismo, aos directores de publicações às suas ordens, sobretudo aos que me ameaçaram, despediram, aos que me tentaram intimidar e calar.

Alguns deles já foram à falência, outros acabaram na prisão ou desmascarados, mas a maioria continua por aí, a decidir os destinos do país e das pessoas. De uma coisa o leitor tenha a certeza: mesmo encenando e condensando, a ficção fica muito aquém da realidade quanto ao número de vítimas que este sistema económico e político causa.
(Miguel Szymanski)

Miguel Szymanski na RTP2
video: https://www.rtp.pt/play/p5343/e398146/pagina-2
"Ouro, Prata e Silva é pura ficção, mas feito com a mais pura das verdades"

NOTA: "Ao contrário do que um jornal de referência chegou a escrever (para depois se retractar), o site Portugal glorioso não é um site de fake news. É um agregador de notícias críticas que divulga tanto intervenções de Miguel Portas como as de um Miguel Sousa Tavares. Ou, de quando em quando, as minhas. Obrigado ao Pg" - Miguel Szymanski


Deixar um comentário

Seja bem-vinda a opinião que vier por bem.

Com tecnologia do Blogger.