«Uma Borla custa 20 milhões? Peço explicações!» Paulo Morais

Porquê pagar vinte milhões por algo que era grátis?
Aguarda-se uma explicação.

Peço explicações!» Paulo Morais
imagem: APDC. Edição PG

Uma Borla custa VINTE MILHÕES? As editoras Porto Editora e Leya anunciaram que disponibilizaram todos os conteúdos educativos digitais em ACESSO GRATUITO durante todo o período de quarentena.

Mas, em 15 de Maio, o Governo autorizou a despesa relativa à aquisição de licenças digitais de manuais, neste ano lectivo (2019/20), "até ao montante global 19.768.000 euros, ao qual acresce o IVA à taxa legal em vigor". (ver aqui)

Se as licenças são gratuitas, então o Governo está gastar dinheiro em quê? (vinte milhões de euros!!!). Peço explicações!
Paulo de Morais


Adenda: Hoje, na edição do Jornal i.
Frente Cívica questiona tutela sobre pagamento de licenças digitais. Associação liderada por Paulo de Morais afirma que licenças, cuja despesa foi autorizada pelo Executivo até cerca de 20 milhões, eram grátis quando os livros eram comprados pelas famílias.



Com tecnologia do Blogger.