Projecto Hidrogénio: «Quem vai ser roubado são os contribuintes»



Entrevista a Clemente Pedro Nunes, professor do Instituto Superior Técnico.
Clemente Pedro Nunes é um dos assinantes do manifesto contra a Estratégia Nacional para o Hidrogénio, aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros.

Na Edição da Noite da SIC Notícias, começou por lembrar as promessas do Governo de Sócrates, em que Manuel Pinho era ministro. Na altura disseram que iam salvar o planeta com a nova estratégia que, segundo Clemente Nunes, só serviu para garantir aos promotores a inexistência de concorrência no mercado.

Segundo o professor, Portugal paga um preço médio de 380 euros por megawatt à hora, enquanto o mercado hoje está entre os 40 a 45 euros. Por isso, considera que a estratégia para o hidrogénio é "mais do mesmo" e "quem vai ser roubado são os contribuintes".

Isto é o "reforço do disparate".

video SIC noticias.

Com tecnologia do Blogger.