Fisco perdoa milhões à Banca e Energia - Portugal Glorioso

Fisco perdoa milhões à Banca e Energia

coment  ●

«Benefícios fiscais, uma lista vergonhosa!», diz Gomes Ferreira


O que muda com o fim do adicional do ISP na gasolina.
Gomes Ferreira afirma que "ninguém pode garantir que o preço vai descer" e revela ainda aquilo que considera ser um escândalo: "em benefícios e isenções fiscais a grandes empresas, o Estado deu 2500 milhões euros. E nós, contribuintes/pequenas empresas que precisamos do carro para trabalhar, levamos com um agravamento! É esta a justiça fiscal que temos em Portugal".



De acordo com o CM, que cita dados da Autoridade Tributária, cerca de 300 contribuintes tiveram, ao longo de 2017, benefícios fiscais superiores a um milhão de euros. Foi o caso da EDP (108 milhões), mas também da autarquia do Porto (87,9 milhões), Lisboa (44,9 milhões), Universidade do Minho (36,6 milhões) e o próprio Estado (49 milhões). No caso da EDP, o benefício foi aplicado graças à isenção do Imposto sobre Produtos Petrolíferos.

Também a banca e a Galp estão nesta lista. Conseguiram beneficiar de 30 milhões e 20 milhões em impostos, respectivamente, Estes benefícios fiscais aumentaram 85 milhões em relação a 2016.

"Para uns Imposto Infernal, para outros Paraíso Fiscal. E sempre para os mesmos, já se sabe: banca com os seus delinquentes financeiros e energia. Só a EDP - que nos rouba na factura todos os meses -conseguiu maximizar os seus benefícios fiscais e ter um desconto superior a 108 milhões. A nós, o fisco não perdoa nem 10 cêntimos. Incha, contribuinte. Embrulha".
Joana Amaral Dias

Mexia insulta os portugueses: A electricidade em Portugal não é cara

Partilhe este artigo

Anterior
Prev Post
Seguinte
Next Post
Comentários