Correspondente estrangeiro arrasa EDP: "O que se passa em Portugal com a energia é gravíssimo"

Correspondente estrangeiro arrasa EDP

EDP: Uma realidade que tem esmagado os portugueses vista por Miguel Szymanski.

Frases:
A remodelação governamental foi forçada pela EDP (vídeo) com um único objectivo: remover o Secretário da Energia. Precisamente o que Costa fez.

São sempre os mesmos 25 apelidos em Portugal. Eu como correspondente alemão acho estranhíssimo ouvir sempre os mesmos apelidos, as mesmas famílias!

Quem começou com a privatização da EDP foi António Guterres em 1997, apresentou-a como "o começo do capitalismo popular". 21 anos mais tarde, temos a EDP em mãos do Estado chinês e não de empresas privadas.

O que se passa com a EDP é gravíssimo! É um lobby fortíssimo com seis[*] ex-ministros de peso, todos a forçar o governo. E a Costa não resta outra coisa do que fazer exactamente o que a EDP quer. É este o peso da EDP no País. Isto é muito grave!

[*]Augusto Mateus, ex-ministro de Guterres, também é membro do Conselho Supervisão da EDP.

Miguel Szymanski: RTP/Mundo Sem Muros/19Out18/Video: Edição Pg.


ADENDA, 13-03-2021:
Eu boicoto a EDP!
Os contratos que tenho com a EDP serão cancelados para a semana. António Mexia, ex-presidente da EDP, recebeu 2,3 milhões de euros no último ano em que trabalhou para a EDP. Depois de suspenso de funções, por estar a ser investigado por corrupção, continua a receber 800 mil euros por ano até 2023. Eu vou boicotar a EDP.
PARTILHEM POR FAVOR. (Miguel Szymanski)

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.