«Nós não salvámos o sistema bancário. Nós salvámos foi banqueiros»



Se houvesse uma auditoria a todos os banqueiros que salvámos - com o argumento demagógico de que estávamos a salvar o sistema bancário salvando os banqueiros (na realidade estávamos a destruir os bancos salvando banqueiros) - nenhum português com o mínimo de sentido de justiça social aceitaria um desempregado, um salário baixo, um precário, uma consulta adiada, uma escola sem qualidade. Mas não houve.

Nunca é demais recordar que não salvámos o sistema bancário, pelo contrário, ele faliu, e hoje a banca portuguesa não existe - é uma sucursal do Santander.

O que salvámos - perdendo milhares de empregos e arrasando o país nos direitos laborais - foram investidores privados.

Sim, pelo que foi tornado público esta semana, e é o grande escândalo do ano, o médico que saiu do SNS por ganhar muito mal, o professor exausto, estão a pagar piscinas privadas e campos de golfe. Já sabíamos, ver com os olhos doí mais, porém.
(Raquel Varela)

----
Raquel Varela na RTP3: "Uma das coisas que nós ficámos a saber com esta lista, é que nós não salvámos o sistema bancário. Nós salvámos foi banqueiros! Enquanto não existir um movimento popular a sério, este regabofe vai continuar".
Video edição: Pg.

Enviar um comentário

Com tecnologia do Blogger.