António Vitorino, Isabel dos Santos e a GALP

Em 2011, já ISABEL DOS SANTOS era accionista de referência na GALP. E então um famoso advogado e lobista português desenvolveu negociações para que Isabel dos Santos reforçasse o seu poder na GALP. (Paulo Morais)



Em 2011, já ISABEL DOS SANTOS (e a Sonangol) era accionista de referência na GALP.

E então um famoso advogado e lobista português desenvolveu negociações para que Isabel dos Santos aumentasse a sua participação e reforçasse o seu poder na GALP.

Isabel recusou.

É hoje Comissário das Nações Unidas para os Refugiados... talvez pela sua experiência em transferências internacionais.

Paulo de Morais
Fisco desistiu de cobrar 125 milhões à Brisa, cujo presidente da AG é António Vitorino

Deixe o seu comentário

Seja bem-vinda a opinião que vier por bem.

Com tecnologia do Blogger.